quarta-feira, 14 de abril de 2010

A gota

A gota caiu do cabelo e inundou toda sua vida como uma forte tempestade. Por alguns segundos o frio quis se aproximar, mas com um leve movimento de cabeça viu os olhos que fariam ferver o seu corpo mesmo no meio da neve. A água dos cabelos evaporou rapidamente com o calor do encontro de corações. Lá fora as nuvens descobriram devagar o pico nevado do Illimani. O sol nasceu. A cidade despertou. As pessoas movimentavam-se apressadas nas calçadas estreitas. Ali, dentro da casa, o relógio resolveu congelar seus ponteiros: o tempo pertence a eles.

5 comentários:

fellipefernandes disse...

que sexy...
senti um cheiro de salsa picante... era essa tal gota?
beijos!

Lídia Amorim disse...

Hmmmm pode ser que sim! hehehehehe
Beeijo

Lara Cervasio disse...

Eu tenho tanto orgulho de ler seu blog...

E de conhecer a May e o Alê, que conhece você. hahahahaha

Beijos

Amanda Teles e Tamillys Camilo disse...

Olá Lídia,
Gostei demais do teu blog!
Estamos seguindo...
Visita o nosso tb.
Bjim ;)

Lídia Amorim disse...

Obrigada, meninas! Eu que sinto um orgulho e uma felicidade imensas de saber que vcs gostam do Sussurro! Beijos a todas! Espero que gostem também das novidades que vêm por aí!